A comunicação organizacional é a atividade onde os líderes criam e nivelam o entendimento dos profissionais da empresa, através da transmissão das informações relevantes sobre o negócio e sobre ambiente interno. É importante lembrar aqui um princípio da comunicação: “A não ser que os receptores entendam sua mensagem do jeito que você deseja que ela seja compreendida, você, o emissor, não estará se comunicando”. Se há ruídos na comunicação, o líder deve reduzi-los mudando a abordagem de “atitude focalizada em mim” para “atitude focalizada em vocês”; além disto, antes de se comunicar, deve esclarecer as ideias a serem passadas na sua própria cabeça. A boa disciplina manda que qualquer comunicado seja amadurecido antes de ser divulgado.

O Endomarketing

O Endomarketing visa a melhoria do relacionamento da empresa, na figura de seus gerentes, com seus funcionários, considerando-os como clientes internos. Esta postura visa criar fidelidade, que por sua vez propicia o trabalho sempre em prol da organização, e dá o exemplo de como atender os clientes finais. Dois são os objetivos específicos do endomarketing:

O primeiro, é auxiliar no gerenciamento da força de trabalho, incentivando suas ações, e assegurando que os empregados se motivem e se orientem à valorização do cliente e à responsabilidade consciente das suas tarefas, em sintonia com o foco da organização. O segundo, é atrair bons profissionais: “Quanto melhor funcionar o endomarketing, mais atraente será a empresa, como empregador, aos olhos dos empregados” (Grönroos, 1995). O endomarketing atua diretamente no clima organizacional da empresa, refletindo no índice de satisfação dos empregados e na melhoria da comunicação entre os níveis hierárquicos da empresa.

Diferença entre comunicação organizacional e endomarketing

Enquanto a comunicação organizacional busca manter a empresa, em todos os seus níveis, informada sobre seu rumo e planos para alcança-los, o endomarketing consiste num conjunto de processos, projetos e veículos de comunicação integrada que permitem a venda e a consolidação de uma nova imagem para dentro da empresa (Cerqueira, 1994).

Em resumo, a comunicação organizacional envolve processos de informação, enquanto o endomarketing busca a motivação e a interação dos empregados com a empresa.

Aplicações do endomarketing

O investimento num sistema de endomarketing se justifica, a partir das seguintes aplicações:

  • Gerenciar a reputação da organização junto ao seu público interno;
  • Desenvolver a autoestima dos empregados e o orgulho em trabalhar no que fazem;
  • Aprimorar nos colaboradores a empatia nas relações diárias de interação interpessoal. 

Conclusão

Com o aumento do grau de rivalidade nos diversos segmentos de mercado somado ao ritmo cada vez mais acelerado das mudanças nos cenários econômico, tecnológico, sociocultural e político, as empresas buscam cada vez mais uma comunicação efetiva com seus colaboradores para usar seu entusiasmo e suas novas ideias como vantagem competitiva sobre os concorrentes. Portanto, cada vez será mais relevante o uso do endomarketing e da comunicação organizacional, principalmente nas empresas globalizadas, na busca da eficiência de seus processos e da qualidade de seus resultados.

 

Referências

CERQUEIRA, Wilson B. Endomarketing Educação e Cultura para a Qualidade. Rio de Janeiro, Qualitymark, 1994.

GRÖNROOS, Christian. Marketing: Gerenciamento e Serviços. Rio de Janeiro: Campus, 1995.

Para saber mais sobre o tema visite o site da Quântica Treinamento Empresarial em http://www.quanticaconsultoria.com

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s