Para responder o que é gestão estratégica de pessoas é preciso entender o que é gestão de pessoas numa empresa. A gestão de pessoas compreende um conjunto de ações que começa com o recrutamento e a seleção de um profissional, passa pela gestão de suas competências através do treinamento e desenvolvimento, saúde ocupacional, segurança no trabalho, remuneração e benefícios, comunicação interna e endomarketing, relações trabalhistas, controle das informações do pessoal da organização, terminando com o desligamento do profissional findando seu ciclo na empresa.

Acontece que estas funções acabam sendo realizadas sem que o pessoal de RH tenha uma noção clara dos objetivos estratégicos da empresa, tendo como consequência um apoio incompleto aos gestores da organização e ao seu quadro gerencial, na administração da sua força de trabalho. A gestão estratégica de pessoas veio cobrir esta lacuna corporativa, ou seja, veio integrar a gestão de pessoas à gestão estratégica da organização. Este tipo de gestão trabalha a partir de princípios voltados para a aprendizagem organizacional, visão sistêmica e valorização das pessoas. Ela foi definida por Dessler (2004) como a união da administração de recursos humanos com metas e objetivos estratégicos para melhorar o desempenho da empresa e desenvolver culturas organizacionais que encorajam a inovação e a flexibilidade.

Paulo Marchesini (2005), do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares – IPEN, em seu estudo de caso sobre aprendizagem organizacional no programa nuclear da Marinha do Brasil, afirma que esta estratégia de administração apresenta características diferenciadas da gestão de RH voltada para o controle, pois prevê ações que propiciem melhor desempenho e confiança mútua entre equipes de trabalho, como maior participação dos funcionários nas tomadas de decisões, redução de níveis hierárquicos, foco no longo prazo e desenvolvimento de carreiras.

Os grandes objetivos da gestão estratégica de pessoas são: Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão através do comprometimento e da motivação de seus profissionais; garantir o equilíbrio entre os interesses dos colaboradores e os da organização, gerando um clima favorável ao trabalho produtivo; contribuir para a melhoria do desempenho individual e organizacional; e administrar as mudanças, hoje em dia tão constantes no ambiente de trabalho.

Nesta estratégia de administração, a interconexão entre a gestão estratégica da empresa e a gestão de pessoas acontece através dos indicadores de desempenho. Uma relação entre os indicadores-chave de performance (KPI) e os indicadores de gestão de pessoas, que se dividem em Indicadores Demográficos; Indicadores Financeiros; Indicadores Operacionais, de Processo ou de Desempenho; Indicadores do Clima Organizacional; e Indicadores do Balanço Social & Responsabilidade Social, deve ser preparada através de ferramentas como o Balanced Scorecard (BSC), criando uma função de transferência entre os objetivos financeiros, de mercado, de processos internos da empresa, e os objetivos de aprendizado e crescimento dos profissionais da empresa, para que o alcance destes últimos signifique um caminho preparado para o atingimento dos objetivos empresariais que envolvam os resultados, os clientes e os processos da corporação.

Para saber mais sobre o tema visite o site da Quântica Treinamento Empresarial em http://www.quanticaconsultoria.com

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s