Jack Welch tornou-se o oitavo CEO da GE em 1981, tirando a empresa de uma grande burocracia e aplicando diversas inovações gerenciais e operacionais, dentre elas a utilização da metodologia Six Sigma, iniciada na GE em 1995. Em seu livro “Paixão por Vencer (2005)”, Jack Welch descreve oito regras, que ele sempre utilizou para liderar suas equipes, iniciando sua descrição com um alerta sobre a liderança e os paradoxos: “A liderança está repleta de paradoxos. O pai de todos os paradoxos é o que se refere ao curto prazo versus longo prazo. É uma questão que sempre me colocam: Como eu posso gerenciar os resultados trimestrais e ainda fazer o que é correto para meu negócio daqui a cinco anos? Minha resposta é: Bem-vindo ao trabalho”. As oito regras adotadas por Jack são as seguintes:

  1. Líderes são incansáveis no aperfeiçoamento da equipe – As funções primordiais do líder nesta regra são: Colocar as pessoas certas no lugar certo, apoiando as que estão bem colocadas e remanejando as que não estão; treinar as pessoas, criando as competências necessárias para que elas melhorem seu desempenho sob todos os aspectos; ajudar as pessoas a construir a autoconfiança, energizando-as para ousarem e assim superarem seus objetivos e atingirem seus sonhos;
  2. Líderes fazem com que todos vivenciem a Visão – Neste caso, as metas não podem ser nebulosas a ponto de parecerem inatingíveis; é necessário falar da Visão constantemente, inclusive e principalmente para o pessoal do chão-de-fábrica, do dia-a-dia; agradeça os que vivem e respiram a visão com qualquer forma de reconhecimento significativo, incluído o dinheiro dentre estas formas;
  3. Líderes emitem energia positiva e otimismo – Um executivo com atitudes positivas contagia a equipe que, por mais cética que seja, mais cedo ou mais tarde adere à observação da metade cheia do copo; por outro lado, um gerente mal humorado também contagia sua infelicidade na equipe, e segundo o próprio Welch, “tribos infelizes têm muita dificuldade para vencer”;
  4. Líderes conquistam confiança com transparência – As equipes necessitam saber em primeira mão pelo seu líder como vão os negócios e o desempenho dela; a atenuação destas notícias só passa a imagem de que o líder não representa os interesses da organização e não conhece os rumos dela; os líderes também conquistam a confiança reconhecendo os méritos da equipe e de seus integrantes;
  5. Líderes ousam tomar decisões impopulares – Os líderes devem ouvir e explicar-se com clareza, mas ir adiante. Lembre-se que você não é candidato ao cargo: Você já foi eleito. Use sua intuição e associe a situação atual à outra já vivenciada, mesmo que os fatos estejam incompletos e os dados limitados;
  6. Líderes pressionam sua equipe em busca de ação – Em cada conversa sobre uma decisão, uma proposta ou alguma informação sobre o mercado, um líder deve intervir com perguntas do tipo: “E se?”, “Por que não?” e “Por que é assim?”, garantindo que suas perguntas provoquem debates e levantem temas que exijam ação;
  7. Líderes incentivam a tomada de riscos e o aprendizado – O líder que sinceramente deseja que seu pessoal tome riscos deve dar o exemplo e ser o primeiro a tentar novas experiências, sendo entusiasmado com relação a novas idéias e evitando a crítica não construtiva quando o experimento não dá certo;
  8. Líderes celebram – As vitórias devem e precisam ser celebradas; as comemorações criam uma atmosfera de reconhecimento e de energia positiva. Jack Welch afirma que “O trabalho está muito presente na vida de todos para que não se reconheçam os momentos de realização”.

Ao ser questionado se um líder nasce pronto ou se aprende a liderar ao longo de sua vida profissional, Jack Welch respondeu: “Ambos. Algumas características como Q.I. e energia, parecem vir na embalagem. Por outro lado, você aprende algumas habilidades de liderança, como autoconfiança, ainda no colo da mãe e na escola, na faculdade e nos esportes. E você ainda aprende outras coisas no trabalho ao tentar algo novo, errando e aprendendo com o erro, ou acertando e conquistando confiança para fazer novamente, melhor ainda“.

Para saber mais sobre o tema visite o site da Quântica Treinamento Empresarial em http://www.quanticaconsultoria.com

 

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s