Para formar grandes equipes não basta ter integrantes competentes e os recursos necessários ao desenvolvimento das tarefas ou projetos. É preciso que o ambiente seja apropriado ao alto desempenho: Que o clima de trabalho seja favorável; que a verdadeira colaboração exista entre os membros da equipe e que as comemorações aconteçam como uma espécie de ritual de energização do time. Mas o que são estes três C?

Clima – Do grego Klima que significa tendência, inclinação, segundo o Congresso Mundial de Remuneração, Benefícios e Ambiente de Trabalho, compreende o grau de satisfação com os seus pares, o grau de satisfação com os seus superiores, o grau de satisfação com políticas e práticas de RH e finalmente o grau de satisfação com a organização. O líder de uma equipe pode contribuir em muito para que estes parâmetros sejam favoráveis e um excelente clima seja alcançado na equipe se: planejar as atividades da equipe, dar suporte aos colaboradores na sua execução, apresentar com clareza as estratégias e planos de trabalho, ter e demonstrar confiança, orgulho e respeito à equipe, tratar a todos numa postura de camaradagem.

Colaboração – No dicionário, colaborar, do latim collaborare significa trabalhar em comum com outrem na mesma obra; cooperar na realização de qualquer coisa, mesmo sem pertencer a um grupo. Portanto, colaboração é um ato de desprendimento, de satisfação em ajudar, independentemente de qualquer glória ou vantagem neste ato. Uma maneira de aumentar o nível de colaboração de um grupo é horizontalizar suas funções, evitando um excesso de hierarquia que só afasta os nobres ideais de cooperação. Outra forma de majorar os eventos colaborativos é evitar missões solo e sempre delegar tarefas à pares ou trios de profissionais dentro da equipe. Ainda uma terceira maneira de manter o alto nível de cooperação é promover um marco, uma bandeira, um ideal que represente o grupo e que o unifique, simbolizando suas realizações e aspirações; sem exagerar em sua importância, perante à empresa, por exemplo.

Comemorações – As vitórias individuais e principalmente as coletivas devem ser comemoradas e reconhecidas. Ao final de cada milestone ou fase de um projeto, ao final do próprio projeto ou em festas comemorativas como a páscoa, o natal, preparar uma mini solenidade de entrega de prêmios e reconhecimentos pelos melhores projetos ou iniciativas de um período, divididos em categorias, quando ao final todos os membros da equipe tenham seus esforços reconhecidos, marca uma real atenção do líder aos esforços do grupo e massageia o ego dos indivíduos, que normalmente passam por sacrifícios e dissabores para entregar os resultados de suas atividades a tempo e na qualidade solicitada. Quando não existirem recursos necessários a uma premiação, um simples reconhecimento nas palavras do líder agradecendo este e aquele esforço de cada um dos membros da equipe cumpre o efeito de uma premiação.

Estes três C se bem combinados geram um quarto: A competência da equipe. Um predicado que transcende a aptidão de cada um de seus membros; uma vitória do coletivo sobre os talentos individuais; a soma que contraria a matemática, onde um mais um não são dois, mas valem três, quatro, cinco… Vamos tentar?

Para saber mais sobre o tema visite o blog Para Ler, Refletir e Relaxar em http://blogwgs.tumblr.com

Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s