por João Paulo Iunes

A análise é um processo de resolução de problemas ou de criação de soluções. O insumo do processo de análise são as informações. Essas informações são alimentadas com métricas (indicadores) – a matéria prima para a análise.

Análise é o processo de separar um todo em suas partes componentes. É um processo para a resolução de problemas e tomada de decisões

Um processo de análise deve ir além de traçar o histórico de eventos. Os analistas devem descobrir as causas dos efeitos, dos desvios – quem, o que, onde e quando causa os motivadores do efeito. Isto é um processo de pesquisa para aumentar nossa base de conhecimentos.

Considerando que um evento não é provocado por apenas um item, a análise deve constantemente pesquisar, para identificar mais causas e quantos efeitos estarão associados a essas causas.

A abordagem top-down (topo-base) – “dividir para conquistar”

É um método de análise. É essencialmente quebrar um sistema, um problema ou algo que queremos avaliar em pedaços. Primeiramente uma visão geral do problema é formulada, especificando, mas não detalhando, qualquer subnível do problema (o pedaço). Num segundo momento, cada pedaço é refinado em maiores detalhes, algumas vezes em vários outros subníveis, até que o problema como um todo seja detalhado nos elementos básicos e resolvido. Para obtermos a solução do todo, somamos as soluções encontradas para as partes desse todo.

Anúncios